4 dicas para evitar desgaste prematuro das peças do carro

Publicado em 09/05/2017 09:18h

Não importa se você acabou de comprar um veículo ou já tem um na garagem há muito tempo. O desgaste prematuro das peças do carro é um transtorno que pesa no bolso e pode até fazer com que seja preciso reavaliar o custo-benefício de um veículo que gera tanta despesa com oficinas. Mas, na verdade, a vida útil de cada item dele depende muito mais da forma como você o dirige do que do próprio fabricante de cada modelo.

 Se você quiser que seu veículo rode sem problemas e por muito mais tempo, confira os cuidados que é preciso ter com algumas das peças do carro mais importantes.

 

1 - Freios

Descer ladeiras no ponto morto, dar freadas bruscas, dirigir com o freio de mão levantado. Todas essas práticas, que muitas vezes até os melhores motoristas cometem, podem sobrecarregar o freio, provocando, inclusive, o superaquecimento. Portanto, procure sempre usar o freio com o carro engrenado, e na hora em que a freada for inevitável, vá pressionando o pedal gradualmente até que o carro pare.

 

2 - Pneus

Procure sempre consultar o manual do proprietário quanto ao padrão de calibragem dos seus pneus. Nos casos em que for viajar, os pneus traseiros podem ser calibrados com algumas libras a mais do que os pneus dianteiros. De qualquer forma, saiba que andar com pneus descalibrados desgasta os próprios pneus, além de induzir ao consumo excessivo de combustível.

 

3 - Embreagem

Muitos motoristas apresentam o péssimo hábito de dirigir com o pé sob o pedal da embreagem durante toda a viagem, o que pode abreviar a vida útil desse componente tão importante. Outro hábito condenável é fazer o controle de embreagem em subidas íngremes, o que tende a queimar essa peça (que tem uma das manutenções mais caras entre as demais).

 

4 - Motor

Deixar de trocar óleo, água e aditivo do radiador, pode causar um prejuízo gigantesco caso o motor venha a fundir por falta desses componentes. Além disso, é sempre indicado checar o estado das mangueiras abaixo do capô, pois elas costumam rachar conforme o passar do tempo e a temperatura, comprometendo também a performance do motor. Outro ponto importante é evitar o contato do motor com água da chuva (alagamentos), areia e lama em excesso: caso não tenha jeito, providencie a lavagem dessa peça em oficinas especializadas.

 

Como você deve ter observado, a maneira como você dirige no dia a dia tem um impacto determinante no estado do seu veículo. Portanto, o ideal é que, além de redobrar o cuidado com cada uma das peças do carro, você adote uma direção 100% defensiva e proativa, buscando, por exemplo, não infringir limites de velocidade, deixar o tanque de permanentemente na reserva, abastecer com combustíveis de qualidade duvidáveis, andar com pneus descalibrados e muito menos praticar rachas, cavalos de pau e outras atrocidades que, além de danificarem o veículo, põem em risco a sua vida, a de outros motoristas e de pedestres.

 

Fonte: Meu Usado Novo

Outras Dicas

5 dicas para limpar o interior do seu carro

Publicado em 05/07/2017 11:42h

10 tecnologias que veremos em carros no futuro

Publicado em 01/07/2017 10:04h

Seu carro fica exposto ao sol?

Publicado em 19/06/2017 16:18h